COMO DERROTAR OS MAV?

Derrotar os MAV (Militantes em Ambientes Virtuais) do bolsonarismo tecnicamente e intelectualmente é muito fácil, vou explicar como.


Primeiro você tem que ter em mente que existem três tipos básicos de MAV:


1. Famosos

2. Profissionais

3. Gado


Entre os profissionais temos uma subdivisão:


2.1 Humanos

2.2 Robôs



Para efeitos práticos, numa guerra virtual só nos interessam os famosos e os profissionais humanos. Em relação aos robôs, são apenas automações de programação para dar volume de hashtags, tendências, seguidores, republicações e curtidas, não interessam na guerra, são só “tiros de festim”. O gado também não interessa, mesmo sendo humanos, são iguais aos robôs, incapazes de criar conteúdo, apenas algum volume. Além disso são em número muito menor que os robôs, estatisticamente irrelevantes também.


Existe um número bem limitado de MAV bolsonaristas, cerca de 300, que são seguidos separadamente ou em comum pelos Bolsonaro no Twitter. É claro que temos que selecionar entre os seguidores dos quatro, pois existem instituições e pessoas seguidas por eles que não operam para o bolsonarismo. Mas a identificação é muito fácil.


O trabalho dos MAV nas redes sociais é basicamente disseminar a Pós-Verdade bolsonarista visando doutrinar, coordenar e atrair seguidores robôs e gado. Deste modo é atacando este pequeno grupo diretamente nos comentários iniciais das suas publicações, bem como replicar as publicações deles com comentários próprios para os nossos seguidores. Não perca tempo se a publicação já tem mais de três comentários.


É necessário, como eles, se organizar em grupos, de preferência no Wickr, para coordenar as respostas e ações. Não adianta tentar separadamente e sem organização, mesmo que com método, pois a força dos MAV não está no conteúdo, mas no volume e resiliência.


Devemos ter em mente que não estamos combatendo o bolsonarismo apenas, mas a prática da Pós-Verdade, que passou a ser utilizada massivamente a partir das redes sociais no início do século. O bolsonarismo só se aproveita dela pois vive de fé e não de fatos.


Pós-verdade é um neologismo que descreve a situação na qual, na hora de criar e modelar a opinião pública, os fatos objetivos têm menos influência que os apelos às emoções e às crenças pessoais.


Deste modo temos que atacar a reputação dos MAV, sempre imputando intenções obscuras quando anônimos e interesses pessoais quando reais. Isso serve para as opiniões deles.


Quando se trata de informações, supostamente de outras fontes, temos que igualmente atacar as reputações destas fontes, principalmente a mídia de aluguel a qualificando assim. Quando a informação utilizar supostas provas, em formatos de imagem sem fontes, ataque a veracidade das informações de uma imagem. Quando se tratar de um anônimo reitere que ele e a imagem não são confiáveis.


Quando os MAV misturam opiniões com outras fontes identificadas, questione a interpretação e as intenções dele. Se as fontes não forem identificadas questione as fontes na qual ele está baseando a opinião.


Não se abale com ataques e / ou respostas dos robôs e do gado, não perca tempo com eles, apenas block, pois calados não incomodam mais.


Também combine em privativo, nos grupos, denúncias contra as informações de Pós-Verdade postadas por eles ao Twitter e até mesmo os perfis (por nomes, imagens ou a BIO). Tente sempre denunciar informações que se enquadrem nestes conteúdos (violações de regras do Twitter):


· Violência: não é permitido fazer ameaças de violência contra um indivíduo ou um grupo de pessoas. Também proibimos a glorificação da violência. Saiba mais sobre nossas políticas contra ameaças violentas e glorificação da violência.


· Terrorismo/extremismo violento: não é permitido ameaçar nem promover terrorismo ou extremismo violento.


· Exploração sexual de menores: o Twitter tem uma política de tolerância zero em relação à exploração sexual de menores.


· Abuso/assédio: não é permitido se envolver no assédio direcionado a alguém nem incitar outras pessoas a fazer isso, inclusive desejar que alguém sofra lesões.


· Conduta de propagação de ódio: também não é permitido promover violência, ameaçar ou assediar outras pessoas com base em raça, etnia, nacionalidade, casta, orientação sexual, gênero, identidade de gênero, religião, idade, deficiência ou doença grave.


· Suicídio ou automutilação: não é permitido promover nem incentivar o suicídio ou a automutilação.


· Mídia sensível, incluindo violência explícita e conteúdo adulto: não é permitido publicar mídias que contêm conteúdo excessivamente sangrento nem compartilhar conteúdo violento ou adulto em vídeos ao vivo ou fotos de capa ou de perfil. Mídias que representam violência sexual e/ou agressão também não são permitidas.


· Produtos ou serviços ilegais ou regulamentados: não é permitido usar nosso serviço para nenhuma finalidade ilegal ou como auxílio a atividades ilegais. Isso inclui venda, compra ou facilitação de transações em produtos ou serviços ilegais, bem como determinados tipos de produtos ou serviços regulamentados.


· Informações privadas: não é permitido publicar informações privadas de outras pessoas (como número de telefone e endereço residencial) sem a permissão e a autorização expressas delas. Também é proibido ameaçar expor informações privadas ou incentivar outras pessoas a fazer isso.


· Nudez não consensual: não é permitido publicar ou compartilhar fotos ou vídeos íntimos de alguém que tenham sido produzidos ou distribuídos sem o consentimento dessa pessoa.


· Spam e manipulação da plataforma: não é permitido usar os serviços do Twitter com o intuito de amplificar ou suprimir informações artificialmente ou se envolver em comportamento que manipule ou prejudique a experiência das pessoas no Twitter.


· Integridade nas eleições: não é permitido usar os serviços do Twitter para manipular ou interferir nas eleições. Isso inclui a publicação ou o compartilhamento de conteúdo que possa diminuir o comparecimento dos eleitores ou enganar as pessoas sobre quando, onde ou como votar.


· Falsa identidade: não é permitido assumir a identidade de indivíduos, grupos ou organizações com a intenção de iludir, confundir ou enganar.


· Mídias sintéticas e manipuladas: não é permitido compartilhar de maneira enganosa mídias sintéticas ou manipuladas que provavelmente causarão danos. Além disso, podemos marcar Tweets que contêm mídias sintéticas e manipuladas para ajudar as pessoas a entender a autenticidade delas e fornecer mais contexto.


· Direitos autorais e marca registrada: não é permitido violar os direitos de propriedade intelectual de outras pessoas, incluindo direitos autorais e de marca registrada. Saiba mais sobre a política de marcas registradas e a política de direitos autorais.


Quanto mais denúncias contra um perfil MAV ou suas publicações, todas acusando do mesmo tipo de violação de regra do Twitter, maior é a chance do Twitter penalizar a conta deste. Contas MAV em geral são descartáveis, mas não as dos 300 líderes.


Normalmente eles não se expõem para evitar, mandam robôs, gado ou perfis secundários para revidar, block em todos eles, foco apenas no principal. Tente irritá-lo ao ponto dele se expor para viabilizar a denúncia.


Não perca seu tempo em disputas nas hashtags. As deles são infladas sempre por automação. Portanto não passa de uma tática, para você perder seu tempo com uma falsa ilusão de disputa e não com o ataque a Pós-Verdade. Lembre-se que os MAV têm empresas e hackers trabalhando em conjunto, portanto a guerrilha tem que ser diretamente e apenas contra os líderes e não contra o exército fantasma deles.


É importante que os grupos de guerrilha contra os MAV sigam cada uma quantidade limitada já pré- distribuída entre os membros. Os membros têm que ser cirúrgicos, pegar os três primeiros comentários e até se especializar em MAV específicos. Quando o MAV bloquear algum membro do grupo outro deve assumir o MAV em seu lugar.


Com estas estratégias de guerrilha virtual, estaremos nos concentrando nas nascentes da Pós-Verdade bolsonarista. Eles são os grandes líderes do Xadrez MAV, portanto temos que derrubar as peças principais e não os peões. Somente cortando os MAV pelas raízes poderemos vencer esta batalha virtual.


Não adianta fazermos igual a eles, temos que fazer pior!

Copyright © 2020 de Jair Lorenzetti Filho. Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer parte dele não pode ser reproduzido ou usado de forma alguma sem autorização expressa, por escrito, do autor.

Copyright © 2020 de Jair Lorenzetti Filho. Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer parte dele não pode ser reproduzido ou usado de forma alguma sem autorização expressa, por escrito, do autor.