DIREITA ANIMALESCA VIRTUAL!

Atualizado: Set 22

Desde o fracasso dos Sociais Democratas e Neo Liberais na Europa e EUA, assistimos surfando nas ondas da internet, nas Big Techs como Google (e puxadinhos), Facebook (e puxadinhos) e principalmente Twitter (e puxadinhos) o surgimento de grupos (populistas bizarros) vomitando atrocidades e asneiras publicamente. É a extrema direita animalesca virtual.


Financiados principalmente por oligarcas: norte-americanos, russos, chineses e do oriente médio, estes grupos fascistóides começaram a formatar seus modus operandi no leste europeu, ainda sem a internet com o atual alcance, elegendo seus representantes com metodologias de comunicação e marketing científicas, profissionais tradicionais.


O passo seguinte foi à Itália, o celeiro do fascismo, com os futuros integrantes do movimento cinco estrelas e liga do norte. Os restantes foram basicamente rollouts do modelo implantado na Itália, com pequenas localizações e customizações nos demais países. Blogueiros da utopia negativa, como Steve Bannon e Olavo de Carvalho, apenas usam essa metodologia original, emulando uma sapiência intelectual que não possuem, lembrando que são considerados “bufões” no meio científico sério.


Porém alguns políticos, com vidas pregressas de personagens distópicos, como Trump e Bolsonaro, citando os mais próximos de nosso dia a dia, acabaram eleitos como os representantes destes grupos de investidores internacionais peculiares.


Podemos incluir como investidores, beneficiários e tropas não virtuais as religiões protestantes evangélicas e batistas dos EUA e Brasil, que surfam nesta mesma onda, já que tanto os “líderes” destas, quanto os “devotos” em sua grande maioria também possuem currículos de vida bastante esdrúxulos.


Temos os nossos, militares já reformados ou na reserva fazendo uma boquinha extra no bolsonarismo e despreocupados, pois eles têm a justiça militar. O mesmo ocorre com a parte do judiciário bolsonarista, sempre segura por ser julgado pelo próprio judiciário.


O fato é que a uma incongruência completa entre o ser e o pensar (no caso específico expressar pelas redes sociais) desta gente da direita animalesca virtual.


Na base da pirâmide encontramos pessoas, em sua grande maioria, com um currículo incompatível com seus valores excretados pelas redes sociais. Basta pesquisar quem é o tal patriota, cristão, família, conservador, contra a corrupção e blá blá blá de sempre e vamos encontrar na maioria gente que pouco ou nada trabalhou, estudou e muitas vezes vivem “fáceis” com dinheiro público e / ou ilícito. Com vários casamentos e / ou aventuras fora deles. Muito consumo de substâncias psicoativas (começando pelo álcool) e todos loucos por uma boquinha no bolsonarismo com dinheiro patriota. Vidas nada patriotas, cristãs, família, conservadora e sem corrupção, somente retórica conservadora virtual.


No meio da pirâmide encontramos os influenciadores tão embusteiros quanto à base, nas suas vidas pessoais, porém ganhando muito melhor que eles. Em geral são profissionais, ambiciosos e sem escrúpulos, de baixa qualidade e sem chances no mercado profissional fora do bolsonarismo. Os poucos casos de profissionais com algum passado, nesta turma, são ébrios, decadentes ou atrás de uns trocados no final da carreira.


Já no topo da pirâmide encontramos empresários, investidores e políticos no padrão “topa tudo por dinheiro”. Se forem bem recompensados seriam capazes até de trocar de sexo mesmo sendo heterossexuais.


Mas uma coisa é certa, um contingente compreendido entre 8% e 20% da população de fato assume virtualmente estes valores, levando em conta as bolhas de filtragem e câmaras de ressonância das redes sociais sob a análise de bots de pesquisa. A maioria restante são pessoas que podem ir para o lado que o assistencialismo os levar independente de posição política. Existem os progressistas também, um grupo que oscila entre 12% e 23% atualmente, porém ainda lambendo as feridas do lulopetismo. Eu adoro bots espiões, tenho até os meus.


Desconsiderando a ala progressista ideológica, que pode ser tão nociva quanto à direita animalesca, vamos falar em grandeza absoluta no modus operandi dos animalescos virtuais.


Se analisarmos não a retórica, mas as ações desta direita animalesca virtual, nós vamos encontrar bolhas de diversos grupos que defendem um mundo distópico e uma involução civilizatória, muitos inclusive em nome de algum Deus de suas religiões pagãs disfarçadas de cristãs. São grupos desprovidos de ética e limites civilizatórios que facilmente poderiam ser novos Homo sapiens neanderthalensis, lutando contra o Homo sapiens sapiens pelo território e caça.


Já observamos pequenos atos terroristas dos “cachorros loucos” da direita animalesca ocorrendo no mundo real, principalmente contra jornalistas e pessoas trabalhando, já que a direita animalesca é composta basicamente por desocupados com diversos tipos e níveis de demências. Todos covardes até no mundo real.



As práticas nas redes sociais, que envolvem bullying, stalking, doxing, fraudes, calúnias, acusações levianas, informações e documentos falsos usados massivamente já levaram pessoas ao suicídio. Mesmo pessoas que sobreviveram a estes ataques, raramente se recuperam, pois foram denunciados, julgados e condenados nas redes sociais por anônimos, da direita animalesca e as reparações posteriores não apagam os danos iniciais perpetrados.

Além da destruição de pessoas, este grupo da Democracia Ciborgue, utiliza a prática nazista de que “Uma mentira contada mil vezes, torna-se uma verdade.” Proferida por Joseph Goebbels. Deste modo eles modulam continuamente Pós-Verdades, Fake News, Informações distorcidas, e má informação, nas câmaras de ressonância para parecer uma verdade pata todas as bolhas. É o objetivo da Democracia Ciborgue Direta.


Em seus caminhos encontram-se jornalistas, a mídia séria, artistas, cientistas, influenciadores, acadêmicos, alguns poucos políticos sérios, escritores e mais profissionais que aderiram ao neo iluminismo desde que nasceram.


O uso comercial on demand da Inteligência Artificial e Big Data, por parte desta direita animalesca a partir das redes sociais é fato conhecido e comprovado. Bem como os Trolls das redes sociais (nos casos específicos Milicianos Anônimos Virtuais) são parte desta estratégia para turbinar a atuação a base de automações, principalmente no Twitter.


Isso ocorre exatamente pelo fato de haver investidores pesados, que chegam a manipular o mercado de capitais, patrocinando esta gente e seus governos. É claro que são recompensados por isso quer nos investimentos viciados ou nas licitações e contratações doe serviços públicos. Isso sem falar os comissionados “gabineteiros” e mídias de aluguel. Os Bitcoins, da empresa de Jack Dorsey, CEO do Twitter são cruciais na remuneração da democracia ciborgue. Bem com o Periscope é o promotor de lives menos criterioso nos controles de conteúdos, identidade e ações, como o Twitter.


Há um notório interesse na subversão da democracia ocidental em prol dos modelos totalitários e oligárquicos do leste europeu, China, Rússia e Oriente Médio. Estados Unidos e Europa são os alvos destes globalistas populistas autocráticos os quais, como os religiosos, querem impor estes dogmas extremos da direita animalesca, como sua linha de batalha. Pois em geral são pessoas isoladas, moduladas, manipuladas, resignadas, recalcadas e derrotadas que nestas bolhas de milícias, encontram semelhantes com os quais atuam em grupos de interesse juntos nas redes sociais.


Nestes grupos, mesmo que ilusoriamente, acreditam terem encontrado sua turma e estão lutando pelo lado certo, fazendo o bem, fazendo parte de um grupo que está fazendo a história. Deixaram de ser os “nadas” que sempre foram.


Isso é muito forte em algumas bolhas virtuais como os gamers, compostos desde crianças, como adolescentes e homens de meia idade, que vivem em um mudo completamente virtual com leis completamente ectopias. São pessoas que basicamente se alienaram do mundo e vivem apenas em seus pequenos miniversos de bytes e violência virtual desmedida.


Estamos enfrentando o saudosismo dos Homo sapiens neanderthalensis querendo impor seu comportamento como direita animalesca virtual para toda sociedade civilizada e democrática.

Copyright © 2020 de Jair Lorenzetti Filho. Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer parte dele não pode ser reproduzido ou usado de forma alguma sem autorização expressa, por escrito, do autor.

Copyright © 2020 de Jair Lorenzetti Filho. Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer parte dele não pode ser reproduzido ou usado de forma alguma sem autorização expressa, por escrito, do autor.