MAQUIAVELISMO CORPORATIVO!

Eu passei mais de 25 anos no mundo corporativo em grandes negócios de terceiros. Não fui um derrotado lá, muito pelo contrário. Tive dezenas de realizações de grande sucesso, inclusive na mídia, premiações e atingi o topo da hierarquia por mais de uma vez por méritos próprios em empresas que não eram minhas nem de minha família.


Porém meu sucesso no mundo corporativo se deu unicamente por meus talentos singulares em tecnologia de informação e gestão empresarial, pois dentro da política empresarial sempre me considerei um amador.


Dentro de uma empresa grande existem três tipos de pessoas:


  1. Hierarquicamente abaixo de você;

  2. Hierarquicamente no mesmo nível que você;

  3. Hierarquicamente superior a você.

Dentro destes três tipos existem ainda, por competência, duas subdivisões:

  1. Mais competentes que você;

  2. Menos competentes que você.

Então vamos falar das pessoas com as quais você convive dentro de uma empresa:


Tipo 1.1


Estas pessoas passam o tempo todo objetivando o seu lugar. Lhe acham um incompetente e habitualmente buscam dar um bypass em você, com seu superior, para expressar esta realidade. Eu não cheguei a conhecer alguém assim que não fosse eu.


Tipo 1.2


Estas pessoas em geral são puxa sacos contumazes seus, mas, nas esquinas corporativas ficam lhe criticando, fazendo fofocas e morrem de inveja da sua posição, mesmo não tendo a capacidade para a mesma. Eu sempre usei a política da "fila anda" para estas pessoas, ou seja: os fazendo andar de lado, para outros chefes ou demitindo e colocando outros iguais com prazo de validade.


Tipo 2.1


Eu nunca conheci nenhuma deste tipo salvo eu mesmo. Este tipo de profissional, se não tiver um concorrente do mesmo nível, para uma disputa, bem como um superior mais qualificado que ele, será seu chefe rapidamente.


Tipo 2.2


São aquelas pessoas que passam a vida profissional inteira em um único nível hierárquico. Atuam em bandos, adoram happy hours e fofocas, a maioria são fumantes e ébrios, com vidas pessoas tediosas, muitos inclusive são crentes. Vão puxar o saco do chefe compulsivamente e, se perceberem que você é melhor que o chefe, vão para o seu lado para se garantir por mais um reinado.


Tipo 3.1


Ao longo de minha vida profissional um caso muito raro, mas confesso que tive alguns poucos. Estas pessoas em geral não serão seu chefe por muito tempo pois vão ocupar o cargo dos chefes deles. Se você for a melhor opção dentre os chefiados dele, tem uma grande chance de ocupar o lugar dele na promoção do próprio.


Tipo 3.2


Estes são os piores. Eles precisam de você, porém tem que lhe manter sob controle e na sombra. Se eles percebem que você sabe disso e vai tentar o bypass vão lhe "queimar" basicamente pela própria sobrevivência. Como eles nunca conseguem ser promovidos e estão lá basicamente por acaso ou por amizade. A melhor solução para este tipo de gente é você mudar de empresa, ter uma ascensão profissional rápida na outra para ela lhe ver nas premiações e na mídia.


Ao londo da minha trajetória profissional, estimo que 99.99% dos perfis que conheci tenham sido:


1.1

2.2

3.2


Basicamente eles são a prova que a meritocracia não existe e os modelos de avaliação precisam melhorar muito!





Copyright © 2020 de Jair Lorenzetti Filho. Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer parte dele não pode ser reproduzido ou usado de forma alguma sem autorização expressa, por escrito, do autor.

Copyright © 2020 de Jair Lorenzetti Filho. Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer parte dele não pode ser reproduzido ou usado de forma alguma sem autorização expressa, por escrito, do autor.