WEBCRENTRES!

Atualizado: 27 de Nov de 2020

Dando sequência aos principais agentes da Democracia Ciborgue e da Pós-Verdade chegamos a uma das maiores armas da Alt Right norte-americana e da Bog Right brasileira, os “webcrentes”.


Além das: “World Evangelical Alliance” e da “Baptist World Alliance”, existe outro movimento internacional, que está em evidência chamado “The Send”.

Para quem quiser conhecer: https://thesend.org.br/.


Segundo o portal G1: A ideia do “The Send” foi plantada em 2016. No estádio Los Angeles Memorial Coliseum, durante o encontro Azusa Now. A partir dali, diferentes organizações de missões decidiram se juntar com o objetivo de “fazer o que fosse necessário para ver a reevangelização da América e a conclusão da Grande Comissão”, de acordo com a descrição do movimento.


Ainda segundo o portal G1: A organização mais conhecida é o Movimento Dunamis, que reúne jovens de várias denominações e atua principalmente em universidades. Com pequenos grupos, eles se encontram nos intervalos e compartilham experiências, cantam e oram juntos. O Dunamis tem muita força no Brasil, principalmente em grandes universidades, e prega uma "energia sobrenatural para estabelecer a cultura do reino de Deus na terra".


Para quem quiser conhecer: https://dunamismovement.com/.


Além das lojas virtuais, o movimento também tem o tradicional “Curso Online”: https://dunamismovement.com/ghxperience/.


O movimento tem uma fazenda: https://dunamismovement.com/como-comecou/.


E no próprio site do movimento consta a mensagem:


SONHE CONOSCO


O que nos move é o desejo de ver uma reforma acontecendo na sociedade, é aí

que entra a Dunamis Farm, como esse lugar que desperta “fazedores de história”.

Essa história que um dia começou no coração de Deus hoje está em nossas

mãos e você tem a oportunidade de fazer parte disso conosco.


Basicamente, como propõem a Alt Right e a Bog Right, por meio da Democracia Ciborgue e Pós-Verdade, o objetivo do mesmo é um a “reforma acontecendo na sociedade” e despertar “fazedores de história”.


Existem diversas igrejas usando a “marca”, mas não sabemos se estão relacionadas:


https://www.google.com.br/search?biw=1360&bih=635&tbm=lcl&sxsrf=ALeKk01AFvTIasf21rEyDjl3-aQXgcseaw%3A1597844460662&ei=7Cs9X_CDKNDG5OUPza2xwAU&q=dunamis+evang%C3%A9lica&oq=dunamis+evang%C3%A9lica&gs_l=psy-ab.3..33i160k1.13894.27926.0.30045.13.13.0.0.0.0.276.2114.0j11j2.13.0....0...1c.1.64.psy-ab..0.13.2104...0j46j0i67k1j0i10k1j46i10k1j0i22i30k1j0i8i13i30k1j33i10i160k1.0.6R2j7MIrYFM#rlfi=hd:;si:;mv:[[-19.590171599999998,-43.5355139],[-23.943018199999997,-50.3026493]];tbs:lrf:!1m4!1u3!2m2!3m1!1e1!1m4!1u2!2m2!2m1!1e1!2m1!1e2!2m1!1e3!3sIAE,lf:1,lf_ui:2


Também localizei algumas controvérsias sobre o movimento:


https://www.reclameaqui.com.br/dunamis-movement/nao-aprovo-a-participacao-da-minha-filha_LydW3vMR7M6bK1vd/


https://medium.com/@matheus.silva.lapa/avivamento-poliss%C3%AAmico-uma-an%C3%A1lise-cr%C3%ADtica-do-the-send-46eb9055a644


O movimento possui até um perfil no LinkedIn:


https://www.linkedin.com/company/movimento-dunamis/about/.


Inclusive o pastor, Téo Hayashi, que consta com “CEO” do site do movimento, também é apontado como um dos colaboradores do evento “The Send” é destacado no site “Fake News”:


https://pleno.news/fe/missoes/teo-hayashi-o-the-send-nao-e-entretenimento-gospel.html


Para quem não conhece, este Pleno News é um site que se localiza no mesmo endereço de uma rádio FM, gravadora, empresa de eventos, empresa de informática e empresa de marketing lá no Rio de Janeiro. Ele já divulgou Fake News ao meu respeito e o caso já está nas mãos de minhas advogadas.


Este portal Pleno News inclusive é apoiador e incentivador da rede de extrema direita Parler:


https://pleno.news/tecnologia/saiba-como-criar-uma-conta-no-parler-a-rede-sem-censura.html


https://pleno.news/tecnologia/exclusivo-criador-da-parler-fala-sobre-bolsonaro-e-versao-em-portugues.html


https://pleno.news/tecnologia/sem-censura-conheca-o-parler-a-rede-social-conservadora.html


https://pleno.news/tecnologia/parler-supera-twitter-e-fica-em-alta-no-android-e-no-ios.html


https://pleno.news/tecnologia/parler-alcanca-marca-de-27-milhoes-de-usuarios-ativos.html


https://pleno.news/tecnologia/saiba-qual-e-a-funcao-de-cada-botao-de-comando-no-parler.html


Lembrando que este portal não é confiável e pode conter Fake News.


Segundo o “Grupo MK” ele é parte de um “conglomerado”:


http://www.mkmusic.com.br/a-gravadora/


Segundo a Wikipédia o grupo pertence a um Senador:


https://pt.wikipedia.org/wiki/Arolde_de_Oliveira#:~:text=Arolde%20de%20Oliveira%20(S%C3%A3o%20Luiz,senador%20pelo%20Rio%20de%20Janeiro..


Capitão do Exército da reserva... Também!


Segundo a Wikipédia: Nas eleições de 2018, Arolde de Oliveira foi candidato a senador pelo estado do Rio de Janeiro pelo Partido Social Democrático (PSD). No pleito, Arolde obteve 2.382.265 votos (17,06% do total de votos válidos), sendo eleito para o Senado Federal do Brasil. Durante a campanha eleitoral, o político contou com o apoio do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que pediu a seus eleitores que votassem em Flávio Bolsonaro e Arolde de Oliveira para senador. Em 1º de fevereiro de 2019, Arolde tomou posse do novo cargo.


Ainda segundo a Wikipédia: Em 16 de junho de 2019, Anderson do Carmo, então marido da deputada federal pelo PSD Flordelis, foi assassinado a tiros, em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Investigações da polícia mostraram que horas após o assassinato, o aparelho celular de Anderson conectou na rede wifi da casa do senador Arolde de Oliveira, na Barra da Tijuca. Nessa conexão, o chip original foi trocado por um em nome de Yvelise de Oliveira, esposa de Arolde. O senador e esposa eram próximos ao casal Anderson e Flordelis; eram do partido político, e colaboraram em projetos musicais.


E algumas curiosidades:


https://www.fuxicogospel.com.br/2018/10/condenado-por-fraude-dono-da-mk-e-eleito-senador-pelo-rj.html


https://www.jmnoticia.com.br/2020/01/22/policia-intima-presidente-da-mk-music-sobre-telefone-do-pastor-anderson-do-carmo/


Para quem precisar o “Grupo MK” tem até um “ERP” para igrejas:


https://www.kronos.mk/promocional/.


O “Grupo MK”, também teve participação ativa no “The Send”:


https://pleno.news/fe/preletores-e-cantores-falam-da-expectativa-para-o-the-send.html


https://www.google.com.br/search?sxsrf=ALeKk006JESMZMUL7yMd_ZMlJlZyGXsAqw:1597847487510&source=univ&tbm=isch&q=Grupo+MK+The+send&sa=X&ved=2ahUKEwilupffvafrAhVI11kKHQBMCegQsAR6BAgJEAE&biw=1360&bih=635


Preciso contar mais? Ainda tem muitas flechas para atirar!


Você pode encontrar muitos “webcrentes” no TikTok!